29.1.16

Bolsa de Exploração Nomad



Acaba de ser lançado um projecto impar em Portugal: a Bolsa de Exploração Nomad. Criada com o intuito de apoiar projectos de viagem e descoberta que, de outra forma, dificilmente veriam a luz do dia, nasce direccionado para uma comunidade que vai lentamente crescendo em Portugal mas que muitas vezes se depara com as dificuldade mundanas de falta de fundos. É a concretização de um sonho antigo das mentes por detrás da Nomad.pt, agência de viagens-aventura com que colaboro desde 2011 e com que uma boa parte dos leitores deste blog estará familiarizada.

São 5 as categorias a que os candidatos, com mais de 18 anos e com nacionalidade portuguesa, podem submeter as suas propostas:

-       Conservação de Natureza
-       Turismo Responsável
-       Exploração Global
-       Narrativa de Viagem
-       Auxílio Humano

O processo de candidatura passa por uma apresentação do conceito em vídeo e o valor a distribuir ascende a €10 000 anuais, a atribuir a um ou mais projectos, consoante a pertinência e necessidades, avaliadas por uma equipa ligada à Nomad e à sua comunidade.

Embora noutros moldes, os projectos da travessia da Amazónia, que fiz com os colegas Tiago Costa, Eduardo Madeira e Inácio Rozeira, e as Crónicas da Atlântida, cuja vertente online terminou há dias e se prepara para começar uma nova fase, mais física e menos virtual, beneficiaram já deste fundo. Agora que o mundo da imprensa de viagens se eclipsou, em que quase se pede aos profissionais para pagar para publicar conteúdos de viagem, em que viajar se tornou mais fácil mas, por outro lado, os recursos escasseiam, esta é uma oportunidade a não perder por todos aqueles que sentem a urgência da viagem e que perseguem o ideal de criar um impacto positivo na sociedade.


Boa sorte aos candidatos!

Sem comentários:

Publicar um comentário